Abriu as portas ao público esta quarta-feira, 1 de junho, no Jardim Filipe Jonas, o Mercado de Verão de Quarteira, evento que vai animar a cidade durante a época alta do turismo.

 Num ano marcado pela pandemia, o certame conta com medidas de segurança sanitária reforçadas e o cumprimento rigoroso das orientações das autoridades de saúde (conforme parecer n.2/2020 de 30 de junho).

Numa altura em que os turistas estão a chegar ao Algarve e às suas principais zonas balneares, como é o caso de Quarteira, a Câmara Municipal de Loulé pretende promover uma série de ações que contribuam para dinamizar a economia local e a atividade turística, fortemente afetada pela crise de saúde pública ao longo dos últimos meses.

Este Mercado constitui, como tal, um complemento a toda a oferta que o concelho de Loulé apresenta aos seus visitantes, seja em termos das praias, património cultural, alojamento, restauração, etc…

O Mercado de Verão contempla as valências de street food e venda ambulante de artesanato e produtos agroalimentares, numa promoção dos produtos tradicionais da região como é o caso do esparto, o mel ou o medronho.

Por indicação da Direção-Geral de Saúde, não está prevista a realização de concertos ao vivo, nem a colocação de carrosséis, atrações que poderiam levar à concentração de um elevado número de pessoas, nem a venda de bebidas alcoólicas já que o seu consumo está proibido no espaço público.

O Mercado irá funcionar até ao dia 13 de setembro, das 19h30 às 23h00. A entrada é livre.

De referir que, no âmbito das medidas de combate à propagação da COVID-19, a organização distribuiu pelo recinto diversos dispensadores de álcool-gel, para além de diversa sinalética informativa sobre a importância do distanciamento social e da higienização frequente das mãos.

A limpeza do recinto e das diversas bancas será reforçada durante a noite.

De referir que a Delegada de Saúde do Algarve realizou uma visita ao espaço para conferir que as medidas de segurança sanitária estão a ser rigorosamente cumpridas.

Por: CM Loulé