Segunda, 18 de Dezembro de 2017 |
Secretário de Estado do Ambiente inaugurou ETAR de Vila do Bispo e Sagres

19:34 - 25/03/2016     514 visualizações VILA DO BISPO
Atualizado em: 25/03/2016
Imprimir
O secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, esteve hoje, 24 de março, em Vila do Bispo para descerrar a placa da nova Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Vila do Bispo e Sagres

 

A obra, realizada pela pelas Águas do Algarve, significou um investimento que rondou os 2, 3 milhões de euros e irá servir mais de 14 mil habitantes em época alta. A conclusão desta infraestrutura vem colocar um ponto final num longo processo que envolveu a sua construção e a dificuldade na aquisição do terreno. Para ultrapassar este último obstáculo a obra acabou por ser executada num terreno da Câmara Municipal sito em Estreitura (Ponte da Granja) freguesia de Vila do Bispo e Raposeira.

A nova ETAR irá tratar as águas residuais de uma parte do concelho de Vila do Bispo, nomeadamente as que atualmente afluem às ETAR`s de Vila do Bispo, Raposeira e Hortas de Tabual e ainda os afluentes à Estação Elevatória do Emissário Submarino do Martinhal (Sagres). Com a entrada em funcionamento desta infraestrutura serão desativadas estas instalações de tratamento, as quais possuem um grau de tratamento deficiente, e como tal, incrementando uma melhoria substancial no meio onde atualmente se efetuam as suas descargas.

 

Para o presidente da autarquia, Adelino Soares, a nova ETAR significa o culminar de várias diligências realizadas pela Câmara Municipal para que esta obra se concretizasse e que agora irá permitir uma a melhoria substancial da qualidade de vida ambiental no concelho, dado que é uma resposta adequada às necessidades do município.

Adelino Soares aproveitou a presença do secretário de Estado do Ambiente no concelho para lançar o desafio ao governo central para construir uma nova ETAR em Burgau.

Para as Águas do Algarve esta obra significa uma melhoria dos níveis de tratamento das águas residuais e consequentemente da qualidade do efluente a ser devolvido aos cursos naturais e que irá dispor ainda de uma linha dedicada e adequada ao tratamento de efluentes provenientes de limpa-fossas.

Este equipamento deverá entrar em funcionamento no próximo mês de junho.

 

Por: CM Vila do Bispo

 
Newsletter
Preencha o campo para subscrever a newsletter
notícias mais lidas


 
 
CATEGORIAS
A VOZ DO ALGARVE
APOIO AO CLIENTE
Visite-nos