Sábado, 17 de Novembro de 2018 |
Centro Médico Internacional de VRSA Investe na Reabilitação Intensiva Neurológica

09:51 - 13/12/2016     52 visualizações VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO
Atualizado em: 13/12/2016
Imprimir
As lesões cerebrais resultantes dos acidentes vasculares ou dos traumatismos cerebrais podem incluir várias estruturas encefálicas:

hemisférios cerebrais, cerebelo, tronco cerebral ou gânglios da base, cujas complicações são muito variáveis, dada a grande especificidade e complexidade que estas estruturas apresentam em termos funcionais.

Desta forma, são extensas as deficiências que se podem observar: alterações nas funções do movimento (força, coordenação, equilíbrio, destreza), comunicação, deglutição, visuais, intestinais, urinárias ou mentais, provocando limitações nas atividades diárias e restrições na participação social.

A intensidade das sessões é um dos fatores mais importantes na reabilitação neurológica. Não é avaliada quanto à «carga» ou à «força», mas sim relativamente ao tempo por sessão e/ou em termos de repetição/treino das tarefas. No caso do AVC, a Direção Geral de Saúde já definiu que a reabilitação intensiva corresponde a um período diário de terapia, superior a três horas.

O Grupo HPA Saúde possui um corpo multiprofissional a operar na área da reabilitação neurológica com a adoção de programas intensivos e interdisciplinares. Na primeira consulta é proposto um plano de terapia intensiva que pode atingir até seis horas por dia, cinco dias por semana, durante oito semanas. O centro e o foco da equipa interdisciplinar são o utente e a sua família, cujos objetivos e expectativas são respeitados e trabalhados pelos elementos envolvidos: Médico Fisiatra, Fisioterapeuta, Terapeuta Ocupacional, Terapeuta da Fala e Neuropsicólogo.

 

Por HPA

 
Newsletter
Preencha o campo para subscrever a newsletter
notícias mais lidas


 
 
CATEGORIAS
A VOZ DO ALGARVE
APOIO AO CLIENTE
Visite-nos