Quinta, 29 de Junho de 2017 |
João Brás e Rafael Simão

17:00 - 11/06/2017     860 visualizações OPINIÃO
Atualizado em: 11/06/2017
Imprimir
por Luís José Pinguinha | Vice-presidente do Louletano | FUTEBOL | Acompanhando as jovens promessas do Louletano

Louletano cria cargo de Coordenador técnico do futebol de formação

João Pedro Brás é o escolhido para a missão

 

 

A fim de potenciar ao máximo as qualidades dos jovens que representam o Louletano, João Pedro Brás é o técnico nomeado pela Direção do Clube para liderar esse processo. Visando a articulação entre os diversos treinadores do Clube, desde os Bebés (nascidos em 2012) até aos Juniores (1999/2000), ou seja, um trabalho conjunto, sustentado e com superior critério, o Louletano desafia-se a si próprio tentando garantir um serviço de excelência aos jogadores.

João Pedro Brás, devidamente habilitado pela FPF, ex-profissional de futebol, várias épocas com o emblema do Louletano ao peito, de reconhecidos méritos profissionais (quer pelo trabalho desenvolvido há já 11 anos como treinador de equipas de futebol de formação no Clube, quer pelo que, nas últimas temporadas, o tem feito como membro da equipa sénior - uma simultaneidade de funções que tem como objetivo a perfeita articulação entre a formação e o futebol sénior, facilitando, desta forma, a promoção de jogadores à equipa principal do Clube) e pessoais (dedicado, perspicaz, assertivo e justo), João Pedro Brás, dizíamos, afigura-se, assim, como a escolha ideal para a função.  

 

 

A qualidade e o espírito contagiante do futebol do Rafael

Nome: Rafael Palma Simão

Ano nascimento: 2009 (18 maio)

 

 

Ser forte fisicamente pode ser, na generalidade, um trunfo para dar nas vistas em jogos de pré-competição, como é o caso de Rafael, ainda Traquina B (sub-8).

E este trunfo poderá ser ainda mais notório quando o miúdo em causa utiliza esse poderio físico corretamente. Chamou-nos à atenção, nas primeiras vezes que vimos atuar o Rafael, a facilidade em como conduzia a bola com o pé oposto do lado em que estava o adversário que o assolava. Sem pôr em causa o mérito da equipa técnica na perfeição do gesto técnico do jogador há que, no mínimo, dar os parabéns ao atleta pela facilidade da aprendizagem, por conseguir fazer, com toda a naturalidade, o que muitos de maior idade não o fazem de forma tão clarividente.

Para além disso, Rafael, atuando a defesa ou a médio, é bastante forte no jogo aéreo, quer defensiva quer ofensivamente, possui um pontapé digno de registo em força e em colocação, o que lhe permite marcar bastantes golos, joga sempre nos limites, isto é, duma forma extremamente voluntariosa, aguerrida, nunca dando um lance por perdido, evidenciando um louvável espírito de sacrifício em jogo e em treino.

Assim, Rafael, assumindo-se como uma das atuais maiores promessas do futebol de formação do Louletano, tem ainda o grande mérito de contagiar os companheiros de equipa no que ao empenho e seriedade com que encaram os treinos e os jogos.

A acompanhar de muito perto.  

 
Newsletter
Preencha o campo para subscrever a newsletter
notícias mais lidas


 
 
CATEGORIAS
A VOZ DO ALGARVE
APOIO AO CLIENTE
Visite-nos