Segunda, 20 de Novembro de 2017 |
GERENTE BANCÁRIO EM VRSA ACUSADO DE VÁRIOS CRIMES

12:36 - 02/11/2017     5789 visualizações VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO
Imprimir
O Ministério Público do DIAP de Faro deduziu acusação para julgamento por tribunal coletivo contra um gerente bancário pela prática de um crime de abuso de confiança qualificado, 51 crimes de falsificação de documento e 40 crimes de falsidade informática.

O arguido era gerente de uma agência bancária em Vila Real de Santo António. Segundo a acusação, entre 2011 e 2014 o arguido fez diversos levantamentos de contas de clientes dessa agência. Para o efeito e para esconder a sua atuação, o arguido terá falsificado as assinaturas dos clientes e utilizado o código de acesso ao sistema informático de outros trabalhadores do banco. Conseguiu, desse modo, apropriar-se de 74.000 Euros. O banco ressarciu os clientes e assumiu o prejuízo.

O inquérito foi dirigido pelo MP da 2ª secção (secção especializada de Faro) do DIAP de Faro, coadjuvado pela Diretoria do Sul da Polícia Judiciária.

 

Por: Ministério Público

 
Newsletter
Preencha o campo para subscrever a newsletter
notícias mais lidas


 
 
CATEGORIAS
A VOZ DO ALGARVE
APOIO AO CLIENTE
Visite-nos