Segunda, 20 de Agosto de 2018 |
Negócios imobiliários com bitcoins chegam a Portugal

16:08 - 06/02/2018     262 visualizações ALGARVE
Atualizado em: 06/02/2018
Imprimir
As bitcoins estão na moda e parecem ter chegado ao mercado imobiliário. Comprar e vender casas através de moedas virtuais já é uma realidade em vários países, mas em Portugal este tipo de negócio ainda não tem força, um cenário que pode vir a mudar. Já há, aliás, uma moradia T6 com piscina, na Arrábida, à venda por 975.000 euros ou o equivalente em bitcoins.

O anúncio em causa surge na página de uma imobiliária australiana especializada em comercialização de imóveis com esta moeda virtual. "Estamos aqui para promover a utilização de bitcoins em transações imobiliárias. Ao vender a sua propriedade, o comprador paga na moeda virtual bitcoin e o vendedor recebe dólares, euros, etc.”, explica a promotora na sua página web.

Segundo o Diário de Notícias/Dinheiro Vivo, em fóruns especializados, alguns portugueses anónimos também já se oferecem para vender os imóveis a estrangeiros em troca de bitcoins.

Certo é que na mediação imobiliária nacional ainda não se celebraram negócios com moedas virtuais, escreve a publicação.  

“A bitcoin é um produto de risco, um investimento altamente especulativo, que não está regulamentado pelo Banco de Portugal”, disse João Pedro Pereira, da comissão executiva da Era Portugal. 

Um receio partilhado, de resto, por Ricardo Sousa, CEO da Century 21: “Pessoalmente, acredito que as bitcoins ainda estão numa lógica muito especulativa que cria riscos acrescidos para quem quer transacionar num mercado como o imobiliário, que é físico, tangível, de património”.

Já Luís Lima, presidente da Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal (APEMIP), adiantou que até novembro do ano passado não havia registos de qualquer transação feita com moedas virtuais, mas frisou que o tema “já começa a surgir”, apesar da procura ainda ser reduzida. “Fala-se, e a partir do momento em que começa a falar-se rapidamente se torna real”, disse, citado pela publicação.

 

Por: Idealista

 
Newsletter
Preencha o campo para subscrever a newsletter
notícias mais lidas


 
 
CATEGORIAS
A VOZ DO ALGARVE
APOIO AO CLIENTE
Visite-nos