Sábado, 18 de Agosto de 2018 |
CENTRO MUNICIPAL DE PROTEÇÃO CIVIL E OPERAÇÕES DE SOCORRO DE PORTIMÃO «APAGA 3 VELAS»

14:50 - 08/05/2018     114 visualizações PORTIMÃO
Imprimir
Apresentação do Plano de Implementação dos Programas «Aldeia Segura» e «Pessoas Seguras» e antecipação do dispositivo de incêndios rurais através de uma equipa de combate dedicada nos bombeiros de Portimão foram as grandes novidades.

No passado dia 26 de abril, foi assinalado o 3.º aniversário do Centro Municipal de Proteção Civil e Operações de Socorro de Portimão, com uma agenda preenchida através de uma jornada de trabalho que envolveu todos os Agentes de Proteção Civil e Entidades Cooperantes de Portimão, tendo igualmente se reunido o Centro de Coordenação Operacional da Região, órgão que executa a coordenação institucional do ponto de vista operacional, nomeadamente o planeamento e gestão da participação dos meios e recursos de cada força ou serviço em função de um acidente grave ou catástrofe.

Entre as diversas atividades tratadas e abordadas destaque para a apresentação do Plano de Implementação dos Programas “Aldeia Segura” e “Pessoas Seguras” no concelho de Portimão, pelo que através do Gabinete Técnico Florestal, foi feito um ponto de situação referente ao plano de ação municipal de exceção para a defesa da floresta contra incêndios, em curso desde o início do ano, e que assegura a materialização do regime excecional previsto na Lei do orçamento de estado para 2018, nomeadamente no que concerne às faixas de gestão de combustível e sensibilização da população. Tendo seguido a apresentação do plano de implementação dos referidos programas ao caso especifico de Portimão, contemplando 7 locais prioritários em função da perigosidade, risco e histórico de ocorrências no concelho. Assim, e na sequência do planeamento já realizado com as Juntas de Freguesia serão levados a cabo prioritariamente, de acordo com a metodologia nacional, durante o mês de maio, ações concretas nos seguintes aglomerados populacionais: Montes de Cima, Vale Juncal, Senhora do Verde, Monte Canelas, Porto de Lagos, Rasmalho e Arão. Paralelamente decorrerão os trabalhos associados às habitações isoladas que não configuram um aglomerado. 

MUNICIPIO DE PORTIMÃO ANTECIPA DISPOSITIVO DE INCÊNDIOS RURAIS CONSTITUÍNDO UMA EQUIPA DE COMBATE DEDICADA NOS BOMBEIROS DE PORTIMÃO

Aproveitando o momento de balanço do 1.º trimestre de 2018 em matéria de proteção civil no concelho, destaca-se ainda a constituição inédita de uma Equipa de Combate a Incêndios Rurais nos Bombeiros de Portimão ao longo de todo ano, assegurando que fora dos períodos de reforço do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais da Autoridade Nacional de Proteção Civil está garantido um ataque inicial pronto e fulminante através de uma unidade dedicada, sem comprometer as demais áreas da proteção e socorro.

Através de um protocolo assinado entre a Câmara Municipal de Portimão e a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários, que mantém o Corpo de Bombeiros portimonense, assinado no passado dia 09 de março, num valor total de 76.860,00 €, garante-se um reforço no dispositivo municipal com a inclusão de uma Equipa de Reconhecimento e Avaliação da Situação e uma Equipa de Combate a Incêndios Rurais, num total de 7 Bombeiros dedicados a este desígnio nacional disponíveis mesmo fora dos períodos habitualmente mais propícios à ocorrência de incêndios.

Esta medida é justificada com a reincidência de incêndios nos espaços rurais fora dos períodos mais críticos e que habitualmente merecem o maior reforço de meios neste âmbito, e que até ao momento eram debelados com recurso à Força de Mínima de Intervenção dos Bombeiros de Portimão, que tem de estar disponível para outros tipos de ocorrências, pelo que a movimentação desses meios para zonas mais remotas do concelho poderia comprometer a rapidez na resposta a situações que ocorram no perímetro urbano que se afirma cada vez mais, ao longo de todo o ano, como um destino turístico internacional. Ninguém escolhe um sítio para passar férias que não seja efetivamente seguro, e esta iniciativa da autarquia vem reforçar essa posição fundamental permitindo uma maior cobertura dos riscos existentes. Estes valores destinam-se na sua totalidade para o pagamento aos Bombeiro que integram este dispositivo especial.

Esta equipa será preposicionada, sempre que se justifique e em qualquer altura do ano, no Destacamento da Senhora do Verde, de forma a antecipar eventuais intervenções nas áreas mais vulneráveis a norte do concelho.

 

Por: CM Portimão

 
Newsletter
Preencha o campo para subscrever a newsletter
notícias mais lidas


 
 
CATEGORIAS
A VOZ DO ALGARVE
APOIO AO CLIENTE
Visite-nos