Terça, 21 de Agosto de 2018 |
Um apetite incontrolável

21:20 - 03/06/2018     435 visualizações OPINIÃO
Atualizado em: 03/06/2018
Imprimir
por Teresa Lourenço | Membro Efetivo da Ordem dos Nutricionistas | tmlourenconutricao@gmail.com

Sabe aqueles dias que lhe apetece comer mesmo sem fome, só para compensar sentimentos menos positivos (stress, problemas emocionais) ou por uma questão de recompensa (“hoje mereço”, pós dieta muito restrita) ou até mesmo prazer momentâneo (só para se sentir melhor), contudo, reconhece que a sensação de alívio ou prazerosa é efémera.

Se sente que a comida a protege, é a sua melhor amiga ou que não consegue parar de comer então possivelmente está com fome emocional (F.E).

A F.E surge de forma repentina, intensa, com o estômago cheio e por norma, desejam-se alimentos hipercalóricos. Esta fome está acoplada a sentimentos negativos (culpa e vergonha). Por outro lado, a fome física (F.F) é gradual, sente controlo nas escolhas alimentares, sente-se saciada e não existem sentimentos negativos sobre a comida.

Para controlar a F.E, deve reeducar o seu cérebro e estômago i.e., comece por identificar a causa desse apetite compulsivo (um diário alimentar pode ser útil), em seguida consciencialize-se de outras atividades que lhe dão prazer de forma a ocupar a sua mente e controlar este comportamento. Alterar gradualmente os seus hábitos alimentares poderá ser uma opção; opte por alimentos mais saudáveis e ricos em fibra quando tiver um apetite incontrolável. Frutos gordos (abacate, nozes, amêndoas, caju, amendoim, etc), aveia, lacticínios magros, ovos são fontes de vitamina b6 e triptofano bastante úteis para diminuir a ansiedade e sintomas menstruais e possuem um índice glicémico mais baixo o que aumenta a saciedade. Mastigue bem os alimentos, saboreei-os, faça pequenas e várias refeições ao longo do dia.

De salientar que o triptofano é responsável pela produção de serotonina a hormona do bem-estar, se os níveis de serotonina estiverem normais, o nosso ciclo de sono, humor e apetite estarão equilibrados.

Procure um nutricionista e um psicólogo, lembre-se que quanto mais come, pior se sente, mais alto fica o peso e este ciclo só tem tendência a agravar-se.

 

 
Newsletter
Preencha o campo para subscrever a newsletter
notícias mais lidas


 
 
CATEGORIAS
A VOZ DO ALGARVE
APOIO AO CLIENTE
Visite-nos