Segunda, 20 de Agosto de 2018 |
MARCHAS POPULARES DE QUARTEIRA LEVAM BAIRRISMO À MARGINAL DA CIDADE

16:14 - 07/06/2018     362 visualizações LOULÉ
Atualizado em: 27/06/2018
Imprimir
Nos dias 12, 23 e 28 de junho, o desfile das Marchas Populares, um dos mais típicos e característicos eventos culturais da cidade de Quarteira, volta a mostrar o forte bairrismo desta antiga comunidade piscatória.

Este desfile leva ao “Calçadão” nascente milhares de visitantes que aqui vêm apreciar esta verdadeira manifestação etnográfica ligada ao mar, nomeadamente os trajes, as músicas e as coreografias dos grupos participantes.

Nas três noites de festejos – Stº António, S. João e S. Pedro – centenas de quarteirenses desfilam num dos maiores eventos do género no sul do País e que é um cartaz turístico do Algarve nesta altura do ano.

Este ano participam 7 Marchas em representação das artérias e bairros da cidade. A emblemática Rua da Cabine, que em 2017 participou também no desfile alfacinha, em plena Avenida da Liberdade, traz este ano o tema “Os Sobrinhos da Ti Anica; já as crianças e jovens da Fundação António Aleixo irão homenagear novamente as gentes do mar, com “A Varina e o Pescador”; a Marcha da Rua Gago Coutinho irá prestar homenagem às fundadoras desta que é uma das marchas pioneiras em Quarteira, com “A Nova Era – Tributo às Origens”; a Marcha Poeta Pardal este ano canta o Algarve, em “Coração do Algarve, Quarteira, linda Quarteira”, com todos os seus costumes e património, que vão do mar ao Alentejo; a Marcha da Rua Vasco da Gama faz uma retrospetiva de 26 anos de existência com o tema “Reviver Vasco da Gama”; “Piquenique à Portuguesa é o mote para este desfile das meninas e  jovens raparigas do grupo Florinhas de Quarteira; finalmente, a Rua do Outeiro faz mais uma aparição cheia de alegria neste evento com “Quarteira em Festa”, que será também uma homenagem aos quarteirenses que sempre acarinharam as suas marchas.

Por este palco irão passar também momentos de animação com Koolbeatz (12 junho), Dança Arabesque (23 de junho) e o cantor Luís Guilherme (28 de junho).

Esta é uma organização da APROMAR – Associação Promotora das Marchas de Quarteira, Câmara Municipal de Loulé e Junta de Freguesia de Quarteira. A entrada é gratuita.

Mas as Marchas são apenas uma das componentes dos Santos Populares de Quarteira. Por estes dias, em vários pontos da cidade, há bailaricos, fogueiras, manjericos e alcachofra, mas também a gastronomia típica desta época como a sardinha assada ou o caldo verde. Elementos que mantêm ainda muito do tipicismo da Quarteira de outrora e que a cidade oferece aos seus visitantes.

 

Por: CML/GAP /RP

 

 
Newsletter
Preencha o campo para subscrever a newsletter
notícias mais lidas


 
 
CATEGORIAS
A VOZ DO ALGARVE
APOIO AO CLIENTE
Visite-nos