Sábado, 15 de Dezembro de 2018 |
A ALIMENTAÇÃO E OS DENTES

16:47 - 02/12/2018     117 visualizações OPINIÃO
Atualizado em: 02/12/2018
Imprimir
por Teresa Lourenço | Membro Efetivo da Ordem dos Nutricionistas | tmlourenconutricao@gmail.com

A saúde da sua cavidade dentária está relacionada com os alimentos que consome, através do desenvolvimento de cáries como da erosão do esmalte.

Os alimentos possuem nutrientes e alguns destes, como o Cálcio e o Flúor são imprescindíveis para a formação e manutenção dos dentes. Podemos agrupá-los em:

Cariogénicos (promotores de cárie) – Pão, Massa, Arroz, Bolos e Bolachas – ricos em açúcares livres;

Cariostáticos (não são metabolizados pelas bactérias) – peixe, ovos, carne, hortofrutícolas – pobres em açúcares livres;

Anticariogénicos (previnem as cáries, pois estimulam a salivação/mastigação) - pastilhas elásticas “sugar free”, queijos intensos como Cheddar ou Emmental, laticínios, chá, alimentos ricos em fibra.

A cárie dentária resulta da desmineralização e destruição dos dentes, proveniente da ação de ácidos formados por bactérias existentes na boca. I.e., no interior da boca existem bactérias, por ex. streptococcus mutans, ao ingerirmos um alimento Cariogénico, as bactérias vão metabolizar os seus açúcares e irão produzir ácidos, que diminuirá o pH da boca, se esta diminuição for inferior a 5,5 durante mais de meia hora dá-se início à desmineralização dentária e caso, este processo seja frequente formar-se-ão cáries.

Associar um alimento Cariogénico a um Anticariogénico é útil para a saúde dentária, ex. Cereal açucarado com leite, o leite possui Cálcio o que irá prevenir a desmineralização dentária.

A reter:

-Evite os doces e refrigerantes principalmente antes de dormir, uma vez que podem ficar vestígios de açúcar nos dentes e, durante a noite o efeito de limpeza da saliva diminui

-Alimentos pegajosos como os rebuçados são extremamente prejudiciais devido à mastigação lenta e à enorme adesão aos dentes

-O açúcar da fruta é menos prejudicial que o açúcar de mesa

-Bebidas ácidas e alcoólicas, podem estimular a erosão do esmalte, para minimizar os efeitos deve ingerir pontualmente com uma palhinha para evitar o contato com os dentes.

 

 

 
Newsletter
Preencha o campo para subscrever a newsletter
notícias mais lidas


 
 
CATEGORIAS
A VOZ DO ALGARVE
APOIO AO CLIENTE
Visite-nos