Sábado, 15 de Dezembro de 2018 |
VIOLÊNCIA DOMÉSTICA | DETENÇÃO

11:46 - 30/11/2018     85 visualizações PORTIMÃO
Imprimir
O Ministério Público da secção de Portimão do DIAP de Faro ordenou a detenção de um homem de 51 anos de idade, pela prática de um crime de violência doméstica.

A vítima, de 55 anos de idade, e o arguido separaram-se após um namoro de oito anos. O arguido não aceitou essa separação e, a partir de abril do corrente ano, passou a ameaçar a ofendida, a abordá-la no local de trabalho e no interior do prédio onde aquela reside, em Portimão, e a agredi-la.

Submetido esta quinta-feira a primeiro interrogatório judicial, o arguido ficou proibido de permanecer no concelho de Portimão, exceto em circunstâncias específicas que forem autorizadas pelo tribunal. O arguido não pode, igualmente, contactar por qualquer meio a ofendida e aproximar-se ou permanecer na sua residência ou local de trabalho. Essas proibições passaram a ser vigiadas por meios técnicos de controlo à distância. A vítima tem proteção por teleassistência.

O Inquérito é dirigido pelo MP da 1ª secção de Portimão do DIAP de Faro, com a coadjuvação da Polícia de Segurança Pública de Portimão.

 

Por: Ministério Público

 
Newsletter
Preencha o campo para subscrever a newsletter
notícias mais lidas


 
 
CATEGORIAS
A VOZ DO ALGARVE
APOIO AO CLIENTE
Visite-nos