Domingo, 15 de Setembro de 2019 |
Joni Brandão repete triunfo em etapa do GP JN e aproxima-se do líder Ricardo Mestre

20:32 - 10/06/2019     172 visualizações DESPORTO
Imprimir
Joni Brandão (Efapal) venceu hoje a quinta etapa do Grande Prémio JN de ciclismo, num contrarrelógio em Santo Tirso, conseguindo encurtar a desvantagem para o camisola amarela Ricardo Mestre (W52-FC Porto).

Brandão, que no sábado já tinha vencido a tirada com chegada em Valongo, voltou a revelar que é um dos ciclistas em melhor forma do pelotão, conseguindo ascender ao terceiro lugar da geral, agora com uma desvantagem de um minuto para o líder.

"Penso que depois desta etapa as diferenças são pequenas, e tendo em conta que o último dia [esta segunda-feira] tem mais 180 quilómetros, e muito duros, está tudo em aberto. Qualquer um dos primeiros pode ganhar a camisola amarela", disse Joni Brandão.

Ricardo Mestre não foi hoje além do quarto tempo, no percurso de 7,1 quilómetros, numa crono escalada até ao Santuário de Nossa Senhora de Assunção, no Monte Córdova, fazendo mais 33 segundos do que Joni Brandão, mas segurando a liderança da corrida, antes da derradeira etapa que se realiza esta segunda-feira.

"Será uma etapa que dá para atacar e para fazer muitas diferenças. É preciso uma equipa muito forte para controlar a corrida. Mas temos equipa com qualidade para segurar a liderança", disse o ciclista algarvio dos ‘dragões'.

Apesar do triunfo de hoje de Joni Brandão, outros dois elementos do FC Porto estiveram em destaque, com Edgar Pinto a fazer o segundo melhor tempo, com mais nove segundos que o vencedor, e António Carvalho a fechar o pódio do dia, gastando mais 17 segundos.

Alejandro Marque (Sporting-Tavira) fez a sexta melhor marca do exercício individual de hoje, e apesar de manter a segunda posição da geral, viu a desvantagem para o camisola amarela aumentar para um minuto, o mesmo tempo desfavorável de Joni Brandão.

Com diferenças tão curtas, a etapa de segunda-feira, na derradeira ligação entre Gondomar e Porto, com uma distância de 187 quilómetros, a mais longa da prova, que poderá ser decisiva nas contas finais da geral, para encontrar o sucessor de António Carvalho, que venceu em 2018.

 

Classificação da quinta etapa:

1. Joni Brandão, Por (Efapel), 14.59 minutos

2. Edgar Pinto, Por (W52-FC Porto), a 09 segundos

3. António Carvalho, Por (W52-FC POrto), a 15

4. Ricardo Mestre, Por (W52-FC Porto), a 33

5. Frederico Figueiredo, Por (Sporting-Tavira), a 45.

 

Classificação geral após quinta etapa:

1. Ricardo Mestre, Por (W52-FC Porto), 15:44.46 horas.

2. Alejandro Marque, Esp (Sporting-Tavira), a 01.00 minuto

3. Joni Brandão, Por (Efapel), m.t.

4. Edgar Pinto, Por (W52-FC Porto), a 1.28

5. António Carvalho (W52-FC Porto), a 1.32

 

Por: Lusa


 

 

 
Newsletter
Preencha o campo para subscrever a newsletter
notícias mais lidas


 
 
CATEGORIAS
A VOZ DO ALGARVE
APOIO AO CLIENTE
Visite-nos