Domingo, 15 de Setembro de 2019 |
Faleceu Rui Mogo – ex-Presidente da JF Boliqueime

17:13 - 02/07/2019     3013 visualizações LOULÉ
Atualizado em: 02/07/2019
Imprimir
É com o mais profundo pesar que a Comissão Política da Secção de Loulé do PSD comunica a todos os militantes e simpatizantes o falecimento do nosso estimado amigo e companheiro Rui de Sousa Mogo.

Aquela que é sempre a mais triste de todas as notícias atingiu-nos quase de forma inesperada, como inesperada foi a sua partida, com apenas 60 anos de idade.
Para trás fica uma vida ainda curta mas preenchida, com natural destaque para os doze anos em que presidiu à Junta de Freguesia de Boliqueime, a sua terra natal, onde cresceu, casou, constituiu família e desenvolveu a sua atividade profissional.
Membro da atual Comissão Política de Secção, Rui Mogo granjeou entre muitos sociais-democratas do concelho de Loulé e não só um profundo respeito e amizade, pela sua disponibilidade permanente, pelo espírito desinteressado de colaboração, e pelo trato simples e humilde, sempre norteado pela vontade de ajudar os companheiros de partido nas várias frentes de combate político.

Fica, entre outros testemunhos, a sua enorme capacidade de luta e sacrifício nas últimas eleições autárquicas, onde apesar de já não concorrer como cabeça de lista na sua freguesia, foi sempre o primeiro a arregaçar as mangas para ajudar o candidato social-democrata, apenas e só porque era assim a sua forma de estar na política. Era, reconhecidamente, um homem pouco dado a protagonismos, genuinamente empenhado no desenvolvimento da sua terra e na resolução dos problemas dos seus conterrâneos. Ajudava de forma desinteressada, sem olhar a nomes, sem esperar recompensas ou ansiar qualquer reconhecimento.
A freguesia de Boliqueime, o concelho de Loulé, e em especial o PSD, perderam um grande homem, um grande autarca.

Perdemos, que não restem dúvidas, um político genuíno, que na sua esfera local e à sua maneira, nos mostrou que fazer política não é regatear cargos, fazer manobras nos bastidores, conspirar aqui e elogiar ali.
Para o Rui de Sousa Mogo, fazer política era identificar os problemas e os atrasos na sua freguesia e fazer de tudo ao seu alcance para os resolver. Ponto final.
Fica aqui, por isso, a nossa merecidíssima homenagem ao companheiro Rui, com um forte abraço à família nesta hora difícil. Que descanse em Paz!

 

Por: PSD Loulé

 
Newsletter
Preencha o campo para subscrever a newsletter
notícias mais lidas


 
 
CATEGORIAS
A VOZ DO ALGARVE
APOIO AO CLIENTE
Visite-nos