Quinta, 14 de Novembro de 2019 |
Ricardo J. Martins atua a 23 novembro, no Museu do Trajo, em São Brás de Alportel

12:15 - 08/11/2019     104 visualizações SÃO BRÁS DE ALPORTEL
Atualizado em: 08/11/2019
Imprimir
Ricardo J. Martins, irá atuar já no próximo dia 9 de novembro, no auditório CCOP (Circulo Católico dos Operários do Porto).

Dia 18 de Novembro, Ricardo J. Martins, atuará em Caracas, a convite da cantora Luso-descendente Iliana Gonçalves. Este evento é organizado pelo Instituto Português de Cultura da Venezuela. O concerto terá lugar no Centro Cultural Chacao às 18:00.  

Sobre Ricardo Martins

 Licenciado em Multimédia e influenciado por vários géneros musicais, Ricardo Martins, encontrou na Guitarra Portuguesa a forma de exprimir a profundidade dos seus sentimentos. Desde a primeira audição de temas de Carlos Paredes que o som deste instrumento lhe mostrou o caminho musical a seguir.

Embora se dedique, maioritariamente, a acompanhar Fado, vê na Guitarra Portuguesa inúmeras possibilidades enquanto instrumento solista, onde aliás se tem destacado.

 Em 2018, Ricardo Martins, como «Corre, Corre Corridinho» ganhou o Prémio para Melhor Música Instrumental do International Portuguese Music Awards. Este ano, para o mesmo prémio, está inscrito o tema «RICARDVS», realizado em conjunto com os guitarristas Ricardo Gordo e Ricardo Silva. O International Portuguese Music Awards (IPMA) é organizado nos Estados Unidos com o objectivo divulgar música - de qualquer género musical - que desde que tenha raízes portuguesas.

 Gravou em 2014 o seu primeiro disco de Guitarra Portuguesa instrumental denominado «Ricardo J. Martins», este projecto discográfico apresenta, por um lado, adaptações de temas que estão fora do ambiente musical da Guitarra Portuguesa e, por outro lado, versões de temas típicos deste instrumento, mas com arranjos próprios . Deste disco destaca-se o tema original e single «Danças na Eira».

 Sempre em busca de novos caminhos para o instrumento, compondo e tocando - sem nunca esquecer as suas raízes - editou em 2017 o segundo disco intitulado «Cantos e Lamentos». Este trabalho conta com várias participações especiais de vários músicos e instrumentos como é o caso da flauta de bisel, acordeão, voz lírica e percussões, trazendo ao público vivências musicais diferentes, dando a este trabalho um cunho pessoal único que vai desde a música tradicional portuguesa até à música clássica.

Com apenas 35 anos, viaja pelo mundo fora levando a Guitarra Portuguesa consigo. Dos vários países que onde toca regularmente destacam-se: Espanha, França, Bélgica, Holanda, Luxemburgo, Sérvia, Inglaterra, Alemanha, Canadá, Estados Unidos da América, China, Ucrânia, Índia e Cabo Verde. Teve o privilégio de tocar com grandes nomes do nosso panorama musical como é o caso de Viviane (Entre Aspas), Marco Rodrigues, Filipa Cardoso, Ana Sofia Varela, Ilda Maria e Pedro Joia.

 

Por: Ricardo J Martins 

 

 
Newsletter
Preencha o campo para subscrever a newsletter
notícias mais lidas


 
 
CATEGORIAS
A VOZ DO ALGARVE
APOIO AO CLIENTE
Visite-nos