Quinta, 19 de Julho de 2018 |
LOULÉ: INEM VAI TER INSTALAÇÕES CRIADAS DE RAIZ NA «CIDADELA» DE PROTEÇÃO E SEGURANÇA DO ALGARVE

14:26 - 11/05/2018     352 visualizações LOULÉ
Atualizado em: 11/05/2018
Imprimir
Investimento de 1,5 milhões de euros concluído até final de 2020

Município de Loulé e Instituto celebraram hoje contrato de cooperação interadministrativa

 

Foi celebrado no dia 9 maio, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, o contrato de cooperação interadministrativa entre a Câmara Municipal de Loulé e o INEM – Instituto de Emergência Médica, que permitirá construir na cidade de Loulé as novas instalações deste instituto na região.

O edifício, criado de raiz, irá localizar-se numa zona central, junto ao nó da A22, naquela que é já designada como a “cidadela” de proteção e segurança do Algarve, onde se encontram outros equipamentos como o Quartel de Bombeiros Municipais, o Heliporto onde está em permanência o helicóptero do INEM, as futuras instalações do CDOS – Comando Operacional de Operações de Socorro de Faro da Autoridade Nacional da Proteção Civil (em fase de construção).

Estas instalações terão um âmbito regional uma vez que irão servir todo o Algarve, contribuindo para que o INEM possa “satisfazer as suas necessidades e cumprir a sua missão com mais eficácia, nomeadamente garantir a assistência adequada às vítimas de acidente e doença súbita e, enquanto agente de proteção civil, poder ter melhores condições para garantir o socorro e assistência às populações em caso de necessidade”, como explicou Luís Meira, presidente do conselho diretivo do instituto.

Este responsável anunciou que, com a criação destas instalações, pretende-se reativar a delegação do INEM que há uns anos atrás funcionou na região, faltando apenas para tal uma alteração estatutária. “Estamos focados em garantir que a operacionalidade volte a ser a mesma de há alguns anos, nomeadamente com a reativação do Centro de Formação de Faro e com a dotação do Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) de todas as capacidades que temos no Porto, em Coimbra e Lisboa”, frisou este responsável.

Já Vítor Aleixo salientou a importância deste contrato de cooperação interadministrativa no contexto regional. “O Município de Loulé dá, assim, um contributo para a reabilitação de um dos serviços fundamentais da órbita do Serviço Nacional de Saúde no Algarve”, considerou o autarca.

Após a celebração deste contrato de cooperação, irá desenvolver-se o projeto do edifício. Tal como está protocolado, as instalações entrarão em funcionamento até ao final de 2020. O valor previsto com o projeto de execução, a empreitada e a sua fiscalização rondará os 1.5000.000,00 euros.

 

Por: CML/GAP /RP

 

 
Newsletter
Preencha o campo para subscrever a newsletter
notícias mais lidas


 
 
CATEGORIAS
A VOZ DO ALGARVE
APOIO AO CLIENTE
Visite-nos