Sexta, 22 de Junho de 2018 |
Um terço dos portugueses já fez compras online

18:02 - 10/06/2018     129 visualizações ECONOMIA
Imprimir
O eCommerce tem ganho adeptos em Portugal nos últimos tempos, prova disso é o facto de um terço dos portugueses (32%) admitir que já fez compras online. Os consumidores entre 25 e 44 anos são os principais clientes deste canal.

Segundo um estudo do Observador Cetelem sobre as intenções de consumo online, “as famílias alteraram o seu paradigma de consumo e as empresas têm vindo a acompanhar a transformação”.

“Os últimos dados de vendas evidenciam um crescimento sem precedentes. Por exemplo, no final de 2017, alguns serviços nacionais de entrega estiveram quase à beira da rutura, fruto da procura. Por outro lado, o investimento no nosso país, anunciado por alguns dos principais ‘players’ internacionais, faz antever que a concorrência cresce e que o ritmo acelera”, refere o Observador Cetelem em comunicado. 

O estudo conclui que apesar do comércio online estar “longe de ser um hábito enraizado” em Portugal, está a ganhar “cada vez mais expressão”. Os números comprovam isso mesmo: 32% dos portugueses já fizeram pelo menos uma vez compras online e 25% fizeram-no nos últimos 12 meses, enquanto 7% assumem não efetuar qualquer transação pela Internet há mais de um ano.

Quem são os mais ativos a comprar online?

O cliente-tipo de lojas online tem entre 25 e 44 anos, sendo que este escalão etário representa 75% do total de consumidores online. Por outro lado, a maioria dos consumidores digitais integra a classe média alta (57%). Outra curiosidade: há mais compradores do género masculino (53%) que feminino.

“Em média, a maioria dos inquiridos visita lojas online cerca de cinco vezes por ano. Na generalidade dos casos, a frequência com que os portugueses compram através da Internet oscila entre uma vez por ano e várias vezes por semana. Mais concretamente,77% dos inquiridos compram na Internet até cinco a seis vezes ao ano e apenas 16% adquire produtos online no mínimo uma vez por mês”, conclui o estudo. 

De referir que para a realização deste estudo foram inquiridos 600 indivíduos residentes em Portugal Continental, de ambos os géneros e com idades compreendidas entre 18 e 65 anos. 

 

Por: Idealista

 
Newsletter
Preencha o campo para subscrever a newsletter
notícias mais lidas


 
 
CATEGORIAS
A VOZ DO ALGARVE
APOIO AO CLIENTE
Visite-nos