Quarta, 18 de Julho de 2018 |
ARS Algarve regulariza situação laboral de 116 profissionais com vínculo precário

17:48 - 06/07/2018     108 visualizações SAÚDE
Imprimir
A Administração Regional de Saúde do Algarve vai abrir no decorrer da próxima semana os concursos com vista à regularização da situação laboral de 116 profissionais que se encontram em situação de precariedade com contratos a termo ou contratos de prestação de serviços.

Estes profissionais, que exercem funções permanentes nos serviços centrais da ARS Algarve e nos três Agrupamentos de Centros de Saúde da região, vão ser integrados nos quadros do mapa de pessoal da instituição no âmbito do Programa de Regularização Extraordinária dos Vínculos Precários na Administração Pública e no setor empresarial do Estado (PREVAP).

Destes 116 contratos precários que serão agora regularizados, 24 são de assistentes operacionais, 66 de assistentes técnicos, 19 de técnicos superiores, 6 de técnicos de diagnóstico e terapêutica, e 1 de enfermagem.

Desde que iniciou funções em março de 2017 que o Conselho Diretivo da ARS Algarve assumiu como uma das suas principais prioridades a agilização dos processos de integração destes 116 profissionais dos diversos serviços da instituição que se encontravam pendentes e aguardar a sua conclusão ao longo dos últimos anos, inclusive alguns deles há cerca de 18 anos.

Com a regularização da situação laboral destes profissionais com vínculo precário, o Conselho Diretivo da ARS Algarve reforça a sua aposta na valorização, reconhecimento e potenciação dos recursos humanos da instituição, tendo como principal objetivo garantir maior acessibilidade à prestação cuidados de saúde, com mais e melhor assistência de proximidade junto da população, com qualidade e dinâmica reforçada e uma maior satisfação de quem dedica o seu tempo a cuidar dos outros, tornando o SNS mais resolutivo, coeso e cada vez mais próximo das pessoas.

De referir que este processo de regularização de contratos atualmente em curso, resulta do compromisso do governo de combate à precaridade laboral na administração pública através da eliminação progressiva do recurso a trabalho precário e a programas de tipo ocupacional no setor público como forma de colmatar necessidades de longa duração para o funcionamento dos diferentes serviços públicos.

Os respetivos avisos dos procedimentos concursais vão ser divulgados nos sites institucionais da ARS Algarve e no Bolsa de Emprego Público (BEP) e no PREVAP.

 

Por: ARS Algarve

 
Newsletter
Preencha o campo para subscrever a newsletter
notícias mais lidas


 
 
CATEGORIAS
A VOZ DO ALGARVE
APOIO AO CLIENTE
Visite-nos