Sábado, 18 de Agosto de 2018 |
A LARGURA E A PROFUNDIDADE DO FUTEBOL DE GUILHERME CAETANO

11:37 - 10/03/2018     234 visualizações OPINIÃO
Atualizado em: 10/03/2018
Imprimir
por Luís José Pinguinha | Vice-presidente do Louletano | FUTEBOL | Acompanhando as jovens promessas do Louletano

Nome: Guilherme Pereira Caetano

Ano nascimento: 1999 (11 julho)

 

 

Desde que começou a praticar futebol federado (com 8 anos, ou seja, Traquinas 2º ano que ao tempo se denominava Escolas) que Guilherme Caetano foi rotulado de craque. Muito rápido, com uma coordenação motora inusual para a idade nos tempos que correm (onde a prática desportiva de muitos dos jovens limitam-se ao superior controlo dos teclados e dos joysticks dos computadores e das playstations), permitia-lhe ziguezaguear por entre os adversários e, como imagem de marca, uma autêntica obsessão pelo golo. Esta atração pela baliza, aliada à facilidade de remate, permitia a Guilherme marcar golos como o ketchup jorra do frasco, para utilizar uma feliz imagem de Cristiano Ronaldo.

Era a época da felicidade pura em que a auto estima do Gui (como os amigos carinhosamente o tratam) estava no auge.

A transição para o futebol de 11 obrigou o Guilherme a adaptar o seu futebol. Com as equipas a alinharem maioritariamente em 4x3x3, foi destacado para a alas ofensivas, geralmente com extremo direito.

Continuou a evoluir e, hoje em dia, no seu último ano de júnior, é um jogador extremamente interessante. Dada a sua velocidade, a facilidade com que dribla em progressão e os cruzamentos bem medidos que efetua, Guilherme atua, muitas vezes, a lateral direito. É a diferença entre o estar lá e o aparecer lá. E o Gui, surgindo lá, consegue criar desequilíbrios fatais.

Nota-se, no entanto, que a obsessão pelo golo ainda está lá. Não é má, esta apetência, mas o futebol é um jogo coletivo e um jogador é tão melhor jogador se pensar na equipa. Mesmo que isso implique que ele marque menos golos.

Em suma, Guilherme Caetano pode atuar a lateral ou a extremo, de preferência no lado direito mas também o pode fazer na esquerda. Igualmente a avançado, especialmente se a equipa alinhar em 4x4x2, Guilherme cumpre bastante bem. O que significa que esta múltipla capacidade de funções e a capacidade de dar largura e profundidade ao jogo faz de Guilherme Caetano um jogador de utilidade extrema num plantel. E, sobretudo, porque a qualidade é mesmo muita.

Uma carreira a acompanhar com atenção.

 

 
Newsletter
Preencha o campo para subscrever a newsletter
notícias mais lidas


 
 
CATEGORIAS
A VOZ DO ALGARVE
APOIO AO CLIENTE
Visite-nos