Segunda, 25 de Junho de 2018 |
A VERTIGINOSA EVOLUÇÃO DE RODRIGO GUERREIRO

10:16 - 09/03/2018     182 visualizações OPINIÃO
Atualizado em: 09/03/2018
Imprimir
por Luís José Pinguinha | Vice-presidente do Louletano | FUTEBOL | Acompanhando as jovens promessas do Louletano

Nome: Rodrigo Costa Guerreiro

Ano nascimento: 2008 (23 janeiro)

 

 

Rodrigo Guerreiro só começou a treinar futebol em meados da época passada. O que é, à partida, um forte “handicap” porque a maioria dos colegas da equipa de 2008 do Louletano já o fazem há quatro.

Ou por estar consciente disso ou porque está no seu ADN, Rodrigo é, como confidenciaram os seus treinadores, um ouvinte concentrado, ávido de aprender. Alinhando a defesa central, Rodrigo é rápido, joga bem com ambos os pés, tem uma intuição rara para a idade para se colocar eficazmente no terreno, dobrando as alas por antecipação ou fazendo contenção dividindo a marcação entre a ala e o centro do terreno, sem necessidade do seu treinador o controlar como se controla um jogador na “play station”.

Com boa capacidade de passe, Rodrigo tem, ainda, no jogo aéreo, muito graças ao tempo de impulsão, um trunfo pouco usual em jogadores de tão tenra idade.

Inicialmente algo tímido, Rodrigo, quiçá mais confiante e mais integrado, está cada vez mais desinibido, o que se reflete na forma como joga.

Para quem tem tão pouco tempo de aprendizagem, Rodrigo já atingiu um patamar muito interessante, o que nos leva a questionar: perante tão vertiginosa evolução, até onde poderá chegar este menino?

 

 

 
Newsletter
Preencha o campo para subscrever a newsletter
notícias mais lidas


 
 
CATEGORIAS
A VOZ DO ALGARVE
APOIO AO CLIENTE
Visite-nos