Quinta, 22 de Agosto de 2019 |
GABRIEL MIRANDA E O TÍTULO DE INICIADOS

09:00 - 06/05/2019     183 visualizações OPINIÃO
Atualizado em: 06/05/2019
Imprimir
por Luís José Pinguinha | Vice-presidente do Louletano | FUTEBOL | Acompanhando as jovens promessas do Louletano | pinguinhaluisjose@gmail.com

Nome: Gabriel Alexandre Miranda Santos

Ano nascimento: 2005 (20 julho)

 

 

O Louletano garantiu no passado dia 25 de abril, a cinco jornadas do fim, a conquista do Campeonato Distrital de Iniciados da 1ª Divisão e a consequente subida ao Campeonato Nacional de Iniciados, prova que disputará na próxima temporada. Esta é, aliás, uma competição em que o Louletano tem um historial brilhante. O título de Vice-Campeão Nacional na época de 1976/77 (0-2 na Final frente ao FC Porto, depois de eliminar, entre outros, Sporting e Belenenses) e o 5º lugar a nível nacional em 1998/99, após discutir com o Benfica, palmo a palmo, até ao último segundo da 2ª Fase, o apuramento para a Final Four, assumem-se, sem dúvida, como os expoentes máximos, mas diversas foram as épocas em que o Louletano logrou apurar-se para a 2ª fase da competição, proporcionando aos seus atletas enfrentarem oficialmente as melhores equipas nacionais e classificarem-se entre as dezasseis melhores do País.

E é assim que felicitamos todos aqueles que, de uma forma ou de outra, contribuíram para recolocar os Iniciados do Louletano no patamar competitivo a que pertence. Até porque constatando que diversos foram os jogadores de 1º ano (nascidos em 2005) que alinharam regularmente pela equipa (na época em curso os Iniciados A são de 2004), boas são as expectativas para a próxima temporada. Veja-se que no jogo em que carimbou o título (4-0 ao FC Ferreiras), cinco foram os jogadores de 2005 que alinharam a titulares: o central Paixão (certamente o líder da defesa na próxima temporada), o inteligente e versátil Guilherme Pereira, o excelente e polivalente João Carlos Conceição (já comprometido com o SL Benfica para a época de 2019/2020), o fenómeno David Ferreira, um verdadeiro amante do golo (fez um “hat-trick” neste jogo) e o multifacetado Gabriel Miranda.

Gabriel Miranda, que alinhou a médio ofensivo, é daqueles jogadores que os treinadores gostam de ter no plantel. Tecnicamente evoluído, rápido a pensar e a executar, com boa leitura de jogo, opta quase sempre pela melhor solução, quer tabelando quer forçando jogadas individuais nas quais cria graves problemas aos adversários já que consegue manter a bola perto dos pés quer ao driblar quer ao conduzir a bola. Miranda, jogando no centro do terreno, é exímio em movimentar-se entre as linhas contrárias, criando desequilíbrios e ganhando muitas faltas. Também nas alas Miranda cumpre primorosamente, graças à já referida capacidade técnica e à diversidade do seu reportório que lhe permite, de uma forma natural, “ir à linha” ou “fletir para dentro” e jogar curto ou jogar verticalmente, ludibriando os adversários.

Em suma, Gabriel Miranda denota predicados que lhe podem possibilitar uma carreira futebolística deveras interessante. A acompanhar com muita atenção.

 

 
Newsletter
Preencha o campo para subscrever a newsletter
notícias mais lidas


 
 
CATEGORIAS
A VOZ DO ALGARVE
APOIO AO CLIENTE
Visite-nos